23.7.10

a estupidez humana # 3

A corrente não lhe permite sequer deitar-se

Sim, o líquido amarelo é mesmo urina

Na minha visita matinal pela blogosfera, deparei-me aqui com um pedido para assinar um protesto contra as más condições do canil/gatil de Lisboa.
Fui encaminhada para o espaço dedicado ao Canil/Gatil Municipal da Capital, visto através do PPA-Lisboa (partido pelos animais), "mostrando aos cidadãos de Lisboa e não só, como vivem estes cães e estes gatos abandonados e entregues à sua própria sorte!". Eu já vi, não gostei. Fiquei com o coração apertadinho.
Tirem uns segundos do vosso precioso tempo e manifestem-se contra estes abusos. Basta enviarem este e-mail modelo do PPA-Lisboa para as entidades (supostamente) responsáveis:
Assunto: Canil/Gatil Municipal de Lisboa
Exmos. (as) Srs. (as),
Venho, por este meio, comunicar a V. Exas a minha indignação e o meu descontentamento resultantes das degradantes condições apresentadas pelo Canil/Gatil Municipal de Lisboa
Como é do conhecimento de todos e tal como diz na página da Câmara Municipal de Lisboa, o Orçamento Participativo visa contribuir para o exercício de uma intervenção informada, activa e responsável dos cidadãos nos processos de governação local, garantindo a participação dos cidadãos na decisão sobre a afectação de recursos às políticas públicas municipais e possibilitando, assim, ao executivo municipal corresponder às reais necessidades e aspirações da população. O projecto vencedor do Orçamento Participativo de 2010 foi a 3ª Fase da Construção do Canil/Gatil Municipal em Monsanto com 754 Votos, demonstrando assim que os cidadãos não só estão informados em relação às condições do Canil/Gatil Municipal de Lisboa, como desejam que esta realidade mude. Onde foram então utilizados os 375.000 euros?
As condições do Canil/Gatil Municipal de Lisboa continuam um verdadeiro atentado ao bem-estar de todos os animais que lá se encontram, envergonhando os cidadãos Portugueses, indignas de uma Instituição da própria Capital que deveria ser um Centro de Bem Estar Animal. Animais subnutridos, animais deprimidos, animais com problemas de pele, animais feridos e por tratar, animais que (sobre)vivem no meio de fezes, medicamentos fora de prazo, instrumentos que não funcionam, animais amontoados sobre outros animais como se de cadáveres se tratassem, doenças mal diagnosticadas, mal atribuídas, mal seguidas. Boxes exteriores feitas de um metal que ferve com o calor do Verão e gela nos dias mais frios do Inverno, cubículos minúsculos na ala interior, onde os animais se encontram presos a correntes que lhes bloqueiam os movimentos, correntes que por vezes nem lhes permitem deitar-se ou chegar ao alimento, deitados em cima das próprias fezes e urina que por vezes se misturam com as tigelas da comida, onde passam os dias e as noites acorrentados, sem ver a luz do Sol, sem fazer o exercício físico ao qual têm direito, onde vão definhando, acabando muitas vezes por morrer. Gatos enjaulados em caixas de metal igualmente pequenas, onde se chegam a encontrar amontoados à meia dúzia, apoiados em redes onde prendem as patas e por vezes as partem.
Em pleno século XXI fala-se de uma sociedade evoluída, uma época onde o projecto do desenvolvimento contemporâneo parece, finalmente, ter-se cumprido. Mas, de que nos serve os avanços tecnológicos, as mudanças de um processo global de abertura económica, se descobrimos como pano de fundo um cenário vergonhoso e desumano caracterizado pelo atraso moral, pela falta de respeito, solidariedade e sensibilidade face aos animais?! É inadmissível que esta lacuna prossiga e que se continue a presenciar a falta de preocupação e respeito para com os nossos fiéis companheiros!
Perante tais factos, solicito que as Entidades devidas se reúnam para que alterações urgentes sejam realizadas. Tais como:
- Melhoria da qualidade de vida dos animais acolhidos pelo Canil / Gatil minimizando as situações de stress e inadaptação;
- Formação de tratadores municipais na área do bem-estar animal e acções de cooperação;
- Acções de sensibilização da população para a adopção, esterilização, vacinação/desparasitação;
- Esterilização de todos os animais recolhidos pelo Canil / Gatil;
- Cuidados Veterinários para todos os animais recolhidos pelo Canil / Gatil garantindo a sua desparasitação / vacinação (alargamento à vacinação contras doenças infecto-contagiosas);
- Criação e desenvolvimento de um Protocolo de Colaboração entre o Município de Lisboa e Associações/Grupos de Protecção Animal prevendo a cooperação entre as partes para a implementação de um projecto de divulgação e sensibilização para a adopção dos animais existentes no Canil / Gatil;
- Criação e desenvolvimento de um Programa de Voluntariado para o Canil / Gatil;
- Eliminação completa da política de abates de forma a transformar o CGM num espaço de protecção animal de referência, verdadeiramente aberto à população, eliminando por completo o estatuto de ‘canil de abate’;
Este apelo chega-vos para que saibam: Os cidadãos estão atentos e querem que esta situação mude urgentemente! Não vos será imposto um prazo, no entanto exijo que os pontos supramencionados sejam levados com a máxima consideração, para que as alterações sejam feitas o quanto antes.
Aguardarei uma resposta de V. Exas., sendo que no caso de nada ser feito farei uso dos mecanismos legais disponíveis para o efeito.
Com os melhores cumprimentos,
[NOME]
[LOCALIDADE]
[E-MAIL]


Obrigada!

2 comentários:

Selena disse...

Aninha, querida!
Talvez somente a grande infinidade do Universo saiba a dor que sinto...ao ver, ao saber que são milhares de irmãos menores que sofrem neste momento, que morrem de fome, frio, de maus tratos...aaaaa como de dói a alma com tanta estupidez!

Tem dias que choro, como se me sentisse de mãos atadas diante desta situação...!!!
No Brasil também são inúmeros canis municipais, em situações precárias...mas alegam sempre a falta de verba...que a ser destinada aos irmãos menores...nunca sobra!
Tem dias que penso que somente com uma imensa catástrofe ou se matando entre si (o que já ocorre, mas na minha opinião, devagar demais!) com guerras civis e militares...mas uma imensa catástrofe, capaz de VARRER da superfície da Mãe Terra, seres das trevas, insolentes como este, que nem aqui mereciam um dia ter habitado!
Desculpa o desabafo!

Saudades!
Beijo de luz!
\o/

HAZEL disse...

Meu Deus... que falta de coração... :(
Isto devia ser proibido. Não compreendo como não existem leis que proibam semelhante crueldade.