14.6.10












A realidade vai fazendo questão de me tirar o chão, um bocadinho todos os dias.
É como estar na praia, parada na areia molhada, que à partida parece mais firme, mas a cada onda que vem, os pés vão-se enterrando um bocadinho mais. Levanto-os e volto a ficar por cima, até às próximas ondas.
Pode parecer estúpida a comparação, e provavelmente até é.
Ainda não chorei até à exaustão, até adormecer, mas vou chorando assim aos poucos, sem querer e quase sem me aperceber.
Fazem-me bem momentos como estes, em que apesar de as ondas continuarem a rebentar e a areia a ceder, me sinto estável no meu pedacinho de mundo.
Obrigada:)

3 comentários:

Carla disse...

É uma boa comparação... saber que tens alguém assim que cuide de ti deixa-me semi-descansada... :)

Beijinho grande bixona minha*

Dulce disse...

Tão tão tão lindas as fotos o texto!
Que tudo se recomponha!

Selena disse...

...te tiram o chão? ...e o que é real pra ti?! Hã?!

Lindas imagens Ana!
Dera eu estar tão perto ao mar...aqui fica há uns 250Km...hufff
me resta o riacho que passa há uma quadra abaixo da minha rua...mas é muito lindo também e prazeroso!!! hihi não posso ficar a reclamar à toa!

Ah, beeeemmmmm atrasadinho mas respondi agora a pouco seu e-mail...esqueço de abri-los!!! hihihi ainnnnnnnn

Beijo na sua nobre alma e desfrute desses e tantos outros momentos o quanto puder pois um dia li em algum lugar:

"Desta vida só se leva o que alma pode carregar".

Bon voiage!

Beijo na sua alma!